Real Time Web Analytics Dash Of Wonder: Mom's Life - Ainda mama? Sim, ainda mama...

Mom's Life - Ainda mama? Sim, ainda mama...

/
1 Comments
Hello,

Quem nos segue já viu e leu sobre o aniversário do Alexandre (quem não viu aproveite agora aqui). Pois é, aquele bebé pequenito que ainda há um ano atrás estava em modo mama-cocó-dormir já fez 1 ano e está lindo de morrer (mãe babada, eu sei). E depois de 1 ano ainda mama. Sim, ainda dou mama ao meu bebé de 12 meses.

No último ano apareceu imensa informação sobre a amamentação, partilha de experiências positivas e negativas. Parece que de repente houve uma consciencialização global tipo "oh, a forma natural de dar de comer a um bebé é dar-lhe de mamar". Com isto também surgiram, obviamente, os críticos de tudo: porque ainda mama, porque mama em público, porque é preciso pôr a mama de fora para o bebé mamar... até leis de penalização passaram em alguns países  (ridículo..). O que é certo é que a amamentação tornou-se num tema de conversa para todos, não só as mães.

Eu escolhi continuar a amamentar o Alexandre e ele escolheu continuar a mamar. Continuo a dizer que adoro amamentar, é um ato de tamanha cumplicidade entre nós para além de ser natural, algo que faz parte de nós biologicamente falando. De momento mama quando quer mas normalmente apenas no período noturno. Durante as primeiras semanas de regresso ao trabalho e nos dias de calor, mamou também durante a tarde. A verdade é que não há limitações de tempo, horários. É quando ele quer e pronto. Claro que isto implica disponibilidade da minha parte, senão tivesse prolongado a licença da amamentação não o poderia fazer, visto que trabalho por turnos.

Amamento sem medos ou vergonhas. Evitava fazê-lo em público porque o Alexandre ficava sempre distraído com o barulho e movimentos, pelo que preferi sempre fazê-lo em ambientes calmos. Mas fico sempre de coração cheio quando vejo uma mãe à amamentar o bebé em público sem ser alvo de crítica, apenas algo natural a acontecer.

A OMS recomenda amamentação até aos 2 anos, a nossa pediatra apoia a decisão e o mais importante de tudo, o Alexandre quer continuar a mamar. E quando me perguntam "ainda mama?", digo muito feliz: "sim, o meu filho de 12 meses ainda mama!"


O cansaço é bem visível na foto, ainda era naquela altura em que pouco se dormia. Mas a felicidade, essa era repleta e sublime...

Kiss kiss,
Catarina R.


You may also like

1 comentário:

  1. E fazem vocês muito bem!

    Se tudo correr bem, também será a minha escolha, quando tivermos uma criança! :)

    ResponderEliminar