Real Time Web Analytics Dash Of Wonder: Viajar de avião com crianças

Viajar de avião com crianças

/
8 Comments

Hello pessoal,

Quando estava a preparar a viagem para Paris fui pesquisando sobre cuidados a ter, o que poderia levar... pouco encontrei. Os websites das companhias áreas eram um pouco dúbios e após várias chamadas, tanto para Airfrance como para a Ana Portugal, esclareci as minhas dúvidas. Também questionei uma amiga que já viajou várias vezes com a pequena (que é apenas 12 horas mais nova que o Alexandre).

Comida

Podem levar comida caseira ou de boião para o avião. Podem levar o biberão com água e pode ter mais de 100 ml. Aqui o que poderá acontecer é terem que provar a comida. No nosso caso, levei uma caixinha com arroz e atum (acabei por não ter tempo de fazer sopa e como não sabia se poderia aquecer a bordo a comida, optei por levar algo frio que sei que ele gosta) mas podem, por exemplo, levar um termo com sopa quente. A bordo a criança tem direito a refeição e, consoante se estão em económica, executiva, etc, poderão escolher previamente (este detalhe varia de companhia para companhia). Na ida não pedi nada, mas no regresso a Portugal pedi, dado que era só uma sandes de queijo e o Alexandre estava obcecado com o pão que via passar. Levei com um olhar de desdém do assistente de bordo que nem me deu hipótese de escolha. Como estava demasiado ocupada em controlar o meu pequeno rebento nem elaborei sobre o assunto mas não me passou ao lado a insensibilidade e mau trato prestado no geral durante o voo (pode ser discriminação ou não, mas acho que os franceses não gostam de nós tugas abordo!).

Transporte

Têm direito a levar carrinho e até cadeira de automóvel, sem pagar acréscimo pela mesma. Poderá haver alguma limitação ou procedimento extra aquando de carro para gémeos. É tratada sempre como bagagem especial. Mais uma vez, liguei para todo o lado para saber com proceder... "basta ir à zona de embarque e é lá que trata de tudo". Errado. É necessário fazer check in de bagagem. Mas felizmente os assistentes que nos receberam (estes portugueses), prontificaram-se a tratar da situação e foi mesmo na zona de embarque que o carrinho foi empacotado e seguiu viagem. Ao chegar a Charles de Gaulle, bem procurávamos pelo nosso carrinho... estava quase que no meio da zona de chegadas, a uns metros valentes do tapete de bagagem especial, no chão. Já o check in aqui não permite que o carro vá até à área de embarque, é necessário fazer o seu check in antes e transportar a criança ao colo até lá (não é assim tão perto, para além de ter que passar no check in de segurança com mais malas e apetrechos, abrir tudo e não fazer estragos com a criança ao colo).

Onde sentar

Crianças até aos 2 anos de idade e que viajem ao colo de um dos pais pagam por norma 10% da tarifa do adulto (ou menos). Podem viajar em cadeira auto mas nesse caso será necessário pagar a tarifa como se fosse uma criança com mais de 2 anos, esta sim varia muito. Nós viajámos com o Alexandre ao colo, que foi basicamente pulando de um para o outro. Viajar junto à janela acaba por ajudar a distraí-los de momentos mais atribulados como a descolagem e a aterragem. Viajando ao colo, ser-vos-à fornecido um cinto para adaptar ao vosso para que a criança esteja também ela segura.

Mudar a fralda

Aqui sem grande ciência. Levei a mala habitual do Alexandre (atenção às medidas e restrições, algumas companhias não permitem). O trocador é espaçoso e seguro o suficiente, que qualquer mãe ou pai já mudou fraldas em circunstâncias piores.

Entretenimento

Levei pequenos brinquedos, não barulhentos para não incomodar o resto dos passageiros. E levámos o tablet com os filmes de animação preferidos do Alexandre. Como para lá viajámos mesmo a coincidir com a hora da sesta dele, correu muito bem e dormiu. Para cá é que o cansaço e a descida abrupta até Lisboa não ajudaram muito. Chorou durante uns 10 minutos, suponho eu com dores nos ouvidos porque todos nós tínhamos. 

Um à parte, é bastante quente que o ideal é ficar de body.

Fica o registo fotográfico das duas viagens :)






Se tiverem alguma dúvida ou sugestão sobre voar com crianças, deixem nos comentários por favor.


Kiss kiss,
Catarina R.


You may also like

8 comentários:

  1. por acaso é daquelas coisas que nao se arranjam grandes informações sobre. fizeste muito bem em fazer este post e o mesmo acontece com os medicamentos liquidos para as crianças, podes levar tens é de provar, ja vi isso a acontecer muitas vezes no porto

    beijinho

    http://sramliberdadenegra.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Achei que valia a pena falar do assunto :)
      Ia um casal atrás de nós que levava brufen e benuron em xarope, passou tudo sem problema.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Nunca fui a Paris... :'(


    Ms. Telita | Telita LifeStyleFacebookinstagram

    • passatempo no blog: giveaway

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando puderes recomendamos! Tenho pena de não ter ido sem filhos, mas mesmo assim adorei a viagem, voltava já amanhã com eles :)
      Beijos

      Eliminar
  3. tinha que idade ele?
    porque estou a planear uma viagem para o ano q vem, portanto este post foi util :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que foi útil! Tinha 1 ano e a fazer os 18 meses

      Eliminar