Vestida pra Impressionar: 24-06-2018

/ August 06, 2018
Olá pessoal,

 Esta publicação vem mega atrasada, desculpem-nos, mas temos andado com alguma dificuldade em criar novo conteúdo para vocês e estamos a tentar resolver isso o mais rápido possível.
 Hoje trago-vos um look festivaleiro, não aquele típico conjunto coachella que todos esperam, mas sim um look confortável e prático que utilizei no dia 24 do Rock in Rio 2018. Sou muito sincera, saltos estão fora de questão, calções nem sempre são confortáveis à noite, e tive de ter em conta tudo o que ia andar e as temperaturas que ia enfrentar.

 A Graziela do My Cherry Lips foi 5 estrelas e ajudou-me, mais uma vez, a fotografar o conjunto... Aqui vai ele:








Chapéu: Brinde de uma marca
Colar: Primark
Top: Primark
Camisa: Lefties
Calças: Lidl
Ténis: Nike

 À parte dos ténis, todas as peças foram bastante acessíveis, penso que o artigo mais caro foram as calças, cerca de 13€. Portanto, acho que podemos definir este conjunto como uma opção acessível e prática para um dia completo de festival.

 O que acharam?

Beijinhos,
Joana R.
Olá pessoal,

 Esta publicação vem mega atrasada, desculpem-nos, mas temos andado com alguma dificuldade em criar novo conteúdo para vocês e estamos a tentar resolver isso o mais rápido possível.
 Hoje trago-vos um look festivaleiro, não aquele típico conjunto coachella que todos esperam, mas sim um look confortável e prático que utilizei no dia 24 do Rock in Rio 2018. Sou muito sincera, saltos estão fora de questão, calções nem sempre são confortáveis à noite, e tive de ter em conta tudo o que ia andar e as temperaturas que ia enfrentar.

 A Graziela do My Cherry Lips foi 5 estrelas e ajudou-me, mais uma vez, a fotografar o conjunto... Aqui vai ele:








Chapéu: Brinde de uma marca
Colar: Primark
Top: Primark
Camisa: Lefties
Calças: Lidl
Ténis: Nike

 À parte dos ténis, todas as peças foram bastante acessíveis, penso que o artigo mais caro foram as calças, cerca de 13€. Portanto, acho que podemos definir este conjunto como uma opção acessível e prática para um dia completo de festival.

 O que acharam?

Beijinhos,
Joana R.
Continue Reading
 Hello,

 Já devem ter percebido pelo post de ontem no Instagram e Facebook que a família está a crescer... para os mais distraídos, estou grávida!

 É um bebé muito desejado... estivemos quase um ano a tentar engravidar, sem sucesso. Fosse o stress, o cansaço, o facto de ainda amamentar - há esse mito que embora não acredite, acredito sim que as hormonas estão alinhadas para outras funções que as da concepção - a coisa não se deu. Foi preciso mudar de vida profissional, ganhar outra rotina familiar e desistir para este pequeno milagre se dar. Sim, já tínhamos desistido e tinha decidido investir em mim ao nível profissional, quando engravidei.


 Foi a um sábado de manhã, com o Alexandre na casa-de-banho comigo a fazer o seu xixi matinal que descobri que estava grávida. Nem acreditava, sinceramente. Achava que as minhas náuseas e cansaço eram transitórios associados a noites mal dormidas e qualquer coisa que tinha comido, até porque o Paulo também tinha passado o dia anterior nauseado. Mas aqueles dois risquinhos vieram dizer que não. Depois de dar a notícia abruptamente a um pai adormecido no sofá (qual surpresa ou cerimónia para anunciar a notícia), ficámos os dois em transe a pensar "e agora?". Não que se pusesse outra hipótese que não criar este bebé, mas a nossa vida mudou (novamente) naquele momento, quando já tínhamos todo um projecto diferente delineado.

 Bem, acredito que as mudanças repentinas e com efeito de mudar de vida são boas, pelo menos para nós têm sido e acredito que com este bebé não será diferente. Saber que estava grávida do Alexandre levou a que o projecto de trabalho do Paulo crescesse brutalmente e que eu mudasse a minha forma de estar na vida em muitas coisas. Por isso acredito genuinamente que este bebé vai chegar no momento em que deve chegar.

 Claro está, comigo não há mar de rosas na gravidez. Não, não sou a grávida cadáver como me apelidavam durante a gravidez do Alexandre tal era o estado em que tinha chegado de tanto vomitar. Mas a verdade é que esta também não está a ser linear. Mas para já não me alongo sobre a parte chata e menos "feliz" da gravidez. Foco-me nesta boa nova, ESTOU GRÁVIDA!

Kiss Kiss,
Catarina R.
 Olá pessoal,

 É engraçado que no meu dia-a-dia, não gosto de ouvir aquelas faixas de música "live", tenho sempre preferência pela edição de estúdio, mas, ir a um concerto ao vivo é completamente diferente. Descobri a minha paixão pelos festivais de verão à uns anos e desde então que ando viciada! 
 Este ano, achei que faria todo o sentido incorporar algumas publicações do tema aqui no blog, e entretanto, surgiu a oportunidade do Rock in Rio 2018.
 Realizou-se nos dias 23, 24, 29 e 30 de Junho e eu fui ao segundo dia.

RIR

 Agora, este festival não é só música, têm imensas actividades para realizar no recinto. E embora seja muito difícil de ir a tudo, não só pelas filas, mas também por ser um local vasto e recheado de stands e pessoas, quero partilhar com vocês algumas das actividades que podem fazer.

 Música

RIR

RIR

HMB

HMB

HMB

Supa Squad

Dillaz

Dillaz

 Claro que esta é a base de tudo, e têm quatro palcos por onde escolher. Admito que dois deles não tive oportunidade de assistir, mas é um bocado difícil de ver tudo num dia, até porque diversos espectáculos ocorrem ao mesmo tempo. Mas têm o Palco Mundo, que costuma abrir pelas 18h, e é onde actuaram artistas como Bruno Mars, The Killers, Muse, entre outros... Têm o Music Valley que abre por volta das 17h e nele actuaram muitos Djs e algumas bandas como Dillaz, AnaVitória, Capitão Fausto, entre outros... No Super Bock Digital Stage podiam contar com a presença de diversos Youtubers, bandas e também passaram alguns filmes. E por fim, mas não menos importante, temos o EDP Rock Street que também nos trouxe muita música, com a presença de Bonga, Paulo Flores, Karlon, entre outros artistas.

 Comida

 Um bem muito importante, já que muitos artigos não passam da entrada, e tantas horas a fio ao sol podem causar muitos estragos, se não tivermos cuidado. Têm diversos elementos do staff a circular o recinto com algumas bebidas como cerveja, redbull e água, e também vi alguns a passear com umas embalagens de cereais. Mas, também têm as áreas de refeição e o Time Out Market, com imensos restaurantes onde comer e beber.

 Actividades



Dino Parque

Dino Parque



 Também podem usufruir de diversas actividades como slide, escalada e a famosa roda gigante. Ao sacarem a aplicação Vodafone Rockout, tinham disponíveis por todo o recinto vários código QR, que podiam "ler" e coleccionar, de forma a ganhar alguns prémios e a possibilidade de entrar no rooftop da Vodafone.
 Os "Gamers" tiveram um miminho especial com a presença do Worten GameRing onde se realizaram torneios, demonstações e actuações relacionadas com o tema. 
 Durante o festival, esteve disponível uma demonstração do Dino parque lourinhã, que podiam visitar gratuitamente no recinto, e conhecer um pouco do que o parque tem para oferecer. Para além disto, também tinham imensos stands de marcas para visitar e adquirir produtos e serviços.

 Brindes




Adicionar legenda




No stand Control com a My Cherry Lips

 Nem sei bem por onde começar... São precisas muitas mãos para contar a quantidade de ofertas que têm à vossa disposição! Os tradicionais sofás da vodafone, pastilhas, boias, preservativos, desodorizantes, porta-chaves, tantas marcas que nem sei nomeá-las a todas. Claro que isto envolve muitas filas, mas podem sempre ir um pouco mais cedo (o recinto abre às 12h), para usufruírem de tudo. 

 É sem dúvida um dia em cheio, que vale a pena aproveitar pelo menos uma vez na vida.
 Qual a vossa opinião acerca do festival?


Beijinhos,
Joana R.

Rock in Rio 2018

by on July 12, 2018
 Olá pessoal,   É engraçado que no meu dia-a-dia, não gosto de ouvir aquelas faixas de música "live", tenho sempre preferênci...
tecnologia crianças
Apanhado de comando na mão, pronto para tentar jogar um jogo do estilo super mário

 Eu cresci numa era em que já existia televisão e desenhos animados. E antes de existir "televisão por cabo", existia satélite. O meu inglês teve uma grande ajuda do Cartoon Network. Não tive Playstation a não ser já no final da minha adolescência e o mais parecido com um Game Boy era o jogo de Tetris que tinha. Mas ainda assim, um computador entrou em nossa casa muito cedo mas levou alguns anos para ser algo ao meu alcance.

 Lembro-me que os meus pais não me imponham limites de tempos, isto é, não era definido 30 minutos de televisão por dia. Foi algo que fluiu muito naturalmente, porque para além destes elementos também tinha livros, lápis de cor e papel, bonecas e carros... Portanto, não me faltava o que fazer. Não era muito de ir brincar para a rua porque a nossa rua não era encerrada ao trânsito, mas visitava frequentemente a casa da vizinha. Bem, isto para vos dizer que já cresci com alguma tecnologia e acho que a coisa até correu bem. Mas o Alexandre está a crescer numa era em que a tecnologia domina ínfimas tarefas do nosso dia-a-dia.

Os ecrãs...

 No primeiro ano de vida a televisão era algo que o Alex pouco contato tinha. Sendo o ano em que a visão, percepção e noção do mundo que o rodeia estão ainda a desenvolver, decidimos que não traria benefícios. De vez em quando lá escapava, mas não o ponhamos sentado no sofá a ver televisão ou a olhar para o tablet. A partir do primeiro ano, os ecrãs passaram a fazer parte do seu dia-a-dia, supervisionado (como ainda é). Uso o tablet ou telemóvel de vez em quando para desenhar, com caneta, pois ambos os nossos dispositivos têm caneta o que o ajudar a desenvolver a motricidade.

Os conteúdos...

 Se calhar ainda mais importante que o facto de estarem a olhar para um ecrã é o que esse ecrã está a passar. O Alexandre não foge à regra: gosta da Patrulha Pata, da Peppa Pig, da Heidi, da Masha e do Urso... Mas decidimos que o conteúdo seria todo em inglês. Uma forma de introduzir outra língua no seu desenvolvimento. Também não só vê animação como tentamos introduzir programas que ajudem ao desenvolvimento linguístico e cognitivo.

O tempo...

 Há manhãs em que vê um episódio de um desenho animado enquanto toma o pequeno-almoço, outras em que pede para ir para sala brincar com o comboio e desmontar-montar os carris. Não há um limite de tempo definido, mas por exemplo às refeições ouvimos música e brincamos um pouco antes de ir para a cama seja a fazer corridas, a montar lego ou fazer uma tenda. 

 A tecnologia faz parte do nosso dia-a-dia, não há como fugir a isso (a não ser que queiram dar numa de ermitas num sítio qualquer), e, como em tudo na vida, quando bem doseado, traz muitos benefícios. Acho que não devemos isolar os nossos filhos dos dispositivos mas sim introduzi-los nas alturas certas, consultando o pediatria sobre o seu parecer de como o fazer caso hajam dúvidas. Devemos sim mediar o seu uso e conteúdo apresentado, e não esquecer de brincar com os nosso filhos! Brinquem muito!

Kiss kiss,
Catarina R.
 Olá pessoal,

 Sim o tempo não está muito famoso, mas já tivemos uns dias quentes e mais virão nas próximas semanas. Com isto, chegou a altura de repor stock de produtos dedicados a proteger-nos contra as agressões do sol, vento e água. Eu já fiz a minha completa e quero vos mostrar por categorias... Hoje, apresento-vos a gama que estou a utilizar para o meu cabelo.

 Esta pertence à Novex que começou por lançar uma spray protector no ano passado (falámos dele aqui), e este ano completou a gama lançando champô, condicionador e máscara.

novex minha praia

 Toda esta linha tem como ingredientes base o chá verde e a àgua de coco, que lhes dão um aroma fresco e agradável. A nível de textura, não diferem das restantes linhas, mas nota-se diferença no efeito ao serem aplicados.
 Vocês sabem bem que ir à praia, com ou sem mergulho, deixa sempre o cabelo mega embaraçado, seco, e pesado. E é nesse aspecto que este produtos ajudam tanto. Não vos vai proteger completamente de todos os danos que o sol faz, mas vai ajudar muito na nutrição e a desembaraçar os nós, de forma a que o cabelo quebre menos durante a escovagem. Depois de utilizados o cabelo fica leve, brilhante, macio e desembaraçado, que é exactamente o que pretendo depois de um dia de praia.

novex minha praia

 O spray é o único produto que utilizo durante a exposição solar. Eu gosto de aplicar antes de sair de casa de depois de todas as minhas idas à água do mar ou piscina, desembaraçando com os dedos.

 Para as interessadas, conseguem encontrar estes produtos em diversas pluricosméticas, na Clarel, no próprio site da embelleze, entre outros...

 Também utilizam produtos capilares dedicados a esta época?

Beijinhos,
Joana R.

Novex - Minha Praia

by on July 02, 2018
  Olá pessoal,  Sim o tempo não está muito famoso, mas já tivemos uns dias quentes e mais virão nas próximas semanas. Com isto, chegou ...
Olá pessoal!

 O Rock in Rio 2018 está mesmo aí a chegar! E Domingo lá vai a Joaninha, toda feliz e contente, alimentar a sua alma "festivaleira"... E embora não vá os dias todos, achei engraçado fazer um apanhado do top 10 de artistas que mais anseio ver, não só para partilhar um pouco do meu estilo musical com vocês, mas também para tentar conhecer um pouco o vosso (comentem abaixo o vosso top 10).

Créditos

 Vai aqui uma mistura entre artistas do palco mundo e do music valley, sem qualquer ordem de preferência. A realidade é que gosto de mais artistas para além dos que vou referir hoje, mas alguns já vi imensas vezes e sei que o espectáculo não difere muito, então, não os incluí nesta lista. A melhor forma de os apresentar será através das suas músicas, por isso, aqui vão as minhas músicas favoritas de cada um.

Muse





Ivete Sangalo



Anitta





Hailee Steinfeld




Bruno Mars





Jessie J





Katy Perry



Carolina Deslandes



Anavitória



Dillaz



 Quais são os artistas que vos despertam mais curiosidade?

Beijinhos,
Joana R.
Olá pessoal,

 Andei com um "stress enorme" à procura de uma base. Já é difícil encontrar o nosso tom correcto, pois na loja parecemos lindas e maravilhosas e assim que saímos, muitas das vezes, parecemos um fantasma ou um umpa lumpa. Mas eu consegui acrescentar outra dificuldade, a textura e o acabamento. A minha pele é mista, oleosa na zona T e, recentemente, muito seca na zona U, o que faz com que aquelas bases de efeito matte acumulem e não fica nada atraente. Então estava à procura de uma base luminosa mas não oleosa, para poder controlar a zona T e U, com o mesmo produto.
 Ontem fui à Kiko e acabei por adquirir dois artigos para este efeito.
 A base escolhi a Skin Tone no tom N40, que é exactamente a minha cor (estou surpreendida!!). E a caminho da caixa dei de caras com as gotas iluminadoras deles, que era um artigo que andava a pensar experimentar de outra marca, mas como gostei do aroma e textura, acabei por trazer este.

foundation

 Assim que cheguei a casa tirei tudo o que me tinham posto e apliquei estes dois produtos, para testá-los e partilhar com vocês a minha opinião.

 Em relação aos drops, tem uma textura super aquosa, fácil de espalhar e de absorver. Dá um glow bastante natural à pele e não fica pegajoso ou oleoso.

 A base, tem uma textura bastante líquida, super leve quando aplicada, e não sentem que estão a usar nada. Tem uma cobertura média, e na loja disseram-me que podiam aumentar um pouco, mas eu não quis testar, pois não gosto de colocar mais do que uma camada de base, então, reforcei com corrector onde precisava de mais cobertura. Por cima dos drops, ficou com um acabamento super luminoso e natural e ao longo do dia não acumulou em qualquer zona. Nas fotos podem ver que apliquei mais alguns produtos, nada para fixar, apenas para dar dimensão ao rosto. Ao fim de umas 4 horas só tinha iluminador, pelo que recomendo a aplicação de um primer ou fixador, para ajudar na duração dos produtos em pó. A base ainda ficou mais umas horas, mas ao fim do dia a cobertura estava mais leve. Correspondeu às minhas expectativas, apenas fiquei desiludida com a duração, mas também, tendo em conta o preço, já estava a desconfiar que fosse acontecer e da próxima vez irei utilizar primer e fixador.

foundation

foundation

 Para primeiras impressões, fiquei muito impressionada com a cobertura, acabamento e a leveza da base. Em relação aos drops, adorei o efeito iluminador que deu. A base custou-me 15,95€ e os glow drops custaram 7,95€.

 Já experimentaram algum destes produtos? O que acharam?

Beijinhos,
Joana R.