Review: Novex sérum capilar de frutas cítricas

/ October 16, 2017
Olá pessoal,

 O cabelo oleoso consegue ser muito difícil de lidar... Principalmente no que toca a lavagens, não dá jeito lavar todos os dias porque enfraquece a raiz e ressecas as pontas (que normalmente já estão secas), mas também não dá jeito lavar com alguns dias de intervalo porque parece que nos despejaram "óleo de fritadeira" na cabeça. O que eu faço normalmente é lavar dia sim dia não, para tentar encontrar um bom equilíbrio. Ainda assim não me safo das raízes oleosas no final do "dia não" e nem consigo aguentar até ao fim do "dia sim". Acabei por pesquisar sobre alguns produtos que me ajudassem a prolongar a aparência e o conforto do cabelo acabado de lavar. Comecei por recorrer aos champôs secos que ajudam imenso em algumas emergências, mas encontrei um produto que é aplicado após cada lavagem que também faz um bom serviço, e juntos são uma dupla imbatível. Refiro-me ao sérum capilar de frutas cítricas da Novex do qual vou falar hoje.


 O que a marca diz: "O Sérum Novex Frutas Cítricas ajuda a aliviar a comichão e a diminuir/normalizar a oleosidade dos fios."

 A minha opinião: Levei um pouco a partilhar a minha review pois demorei a confirmar a acção deste produto. A realidade é que, como uso mais do que um champô, a minha raiz vai ficando oleosa mais rápido ou não conforme os produtos que utilizo, e tive de fazer algumas experiências para confirmar a eficácia. Quero começar por falar da sensação inicial, se vocês secarem bem o cabelo com a toalha e esperarem um pouco antes de o aplicarem, vão sentir um fresquinho bem agradável no escalpe. É preciso pulverizar algumas vezes para cobrir todo o escalpe e no final massajar para incorporar melhor o sérum. Ele promete aliviar a comichão e acredito que o faça, por ter um efeito cooling, mas como eu normalmente não tenho irritação no couro cabeludo, não posso confirmar a 100%. Agora o que vocês querem realmente saber, ele reduz ou não a oleosidade? Sim! Atenção, vocês não vão deixar de ter raiz oleosa, mas vão retardar essa aparência. No meu caso em vez de sentir necessidade de lavar o cabelo logo pela manhã no "dia sim", já me sinto confortável para lavá-lo mais ao fim do dia. Pode parecer uma diferença mínima, mas para os casos mais graves todos os minutos contam e para os casos mais leves acredito que o efeito seja ainda mais duradouro. Sempre que o utilizo acabo por não recorrer ao champô seco.


 Quantidade: 60 ml.

 Validade: 12 meses.

 Preço: 8,29€ é o P.V.P. mas varia de acordo com as lojas.

 Local de compra: Lojas físicas e online de cosmética.

 Prós:
- Efeito fresco;
- Retarda o aparecimento da oleosidade;
- Cheiro agradável mas não prevalece o do champô.

 Contras:
- São necessárias muitas pulverizações para cobrir todo o escalpe, o que resulta no desperdício de produto.

 Recomendo? Eu recomendo, mas têm de analisar até que ponto vale a pena para vocês. Um champô seco tem efeito imediato, já este têm que se lembrar de aplicar sempre que lavarem o cabelo. No meu caso, estou a gostar imenso do efeito, mas vou ter mais tendência a comprá-lo nas épocas de maior calor, pois no resto do ano um champô indicado para cabelos oleosos e um batiste para emergências bastam-me (altura em que as minhas raízes passam de oleosas a secas com muita facilidade).

 O que acharam deste produto?

Beijinhos,
Joana R.
Olá pessoal,

 O cabelo oleoso consegue ser muito difícil de lidar... Principalmente no que toca a lavagens, não dá jeito lavar todos os dias porque enfraquece a raiz e ressecas as pontas (que normalmente já estão secas), mas também não dá jeito lavar com alguns dias de intervalo porque parece que nos despejaram "óleo de fritadeira" na cabeça. O que eu faço normalmente é lavar dia sim dia não, para tentar encontrar um bom equilíbrio. Ainda assim não me safo das raízes oleosas no final do "dia não" e nem consigo aguentar até ao fim do "dia sim". Acabei por pesquisar sobre alguns produtos que me ajudassem a prolongar a aparência e o conforto do cabelo acabado de lavar. Comecei por recorrer aos champôs secos que ajudam imenso em algumas emergências, mas encontrei um produto que é aplicado após cada lavagem que também faz um bom serviço, e juntos são uma dupla imbatível. Refiro-me ao sérum capilar de frutas cítricas da Novex do qual vou falar hoje.


 O que a marca diz: "O Sérum Novex Frutas Cítricas ajuda a aliviar a comichão e a diminuir/normalizar a oleosidade dos fios."

 A minha opinião: Levei um pouco a partilhar a minha review pois demorei a confirmar a acção deste produto. A realidade é que, como uso mais do que um champô, a minha raiz vai ficando oleosa mais rápido ou não conforme os produtos que utilizo, e tive de fazer algumas experiências para confirmar a eficácia. Quero começar por falar da sensação inicial, se vocês secarem bem o cabelo com a toalha e esperarem um pouco antes de o aplicarem, vão sentir um fresquinho bem agradável no escalpe. É preciso pulverizar algumas vezes para cobrir todo o escalpe e no final massajar para incorporar melhor o sérum. Ele promete aliviar a comichão e acredito que o faça, por ter um efeito cooling, mas como eu normalmente não tenho irritação no couro cabeludo, não posso confirmar a 100%. Agora o que vocês querem realmente saber, ele reduz ou não a oleosidade? Sim! Atenção, vocês não vão deixar de ter raiz oleosa, mas vão retardar essa aparência. No meu caso em vez de sentir necessidade de lavar o cabelo logo pela manhã no "dia sim", já me sinto confortável para lavá-lo mais ao fim do dia. Pode parecer uma diferença mínima, mas para os casos mais graves todos os minutos contam e para os casos mais leves acredito que o efeito seja ainda mais duradouro. Sempre que o utilizo acabo por não recorrer ao champô seco.


 Quantidade: 60 ml.

 Validade: 12 meses.

 Preço: 8,29€ é o P.V.P. mas varia de acordo com as lojas.

 Local de compra: Lojas físicas e online de cosmética.

 Prós:
- Efeito fresco;
- Retarda o aparecimento da oleosidade;
- Cheiro agradável mas não prevalece o do champô.

 Contras:
- São necessárias muitas pulverizações para cobrir todo o escalpe, o que resulta no desperdício de produto.

 Recomendo? Eu recomendo, mas têm de analisar até que ponto vale a pena para vocês. Um champô seco tem efeito imediato, já este têm que se lembrar de aplicar sempre que lavarem o cabelo. No meu caso, estou a gostar imenso do efeito, mas vou ter mais tendência a comprá-lo nas épocas de maior calor, pois no resto do ano um champô indicado para cabelos oleosos e um batiste para emergências bastam-me (altura em que as minhas raízes passam de oleosas a secas com muita facilidade).

 O que acharam deste produto?

Beijinhos,
Joana R.
Continue Reading
Olá pessoal,

 Este fim-de-semana que passou foi o Moda Lisboa, um evento muito falado ao qual queria ir à muito tempo... Este ano surgiu a possibilidade e claro que tinha de aproveitar para vestir aquelas peças mais elegantes do guarda roupa e fotografar para vos mostrar! 
 Sou sincera, não tenho assim tantos elementos elegantes no armário, embora eu adore e me identifique com esse estilo. Mas o meu trabalho exige uma indumentária mais casual, que predomina nas minhas gavetas. Ainda assim consegui desencantar um outfit bastante elegante e feminino, que por acaso também utilizei na passagem de ano.





Vestido: Zaful
Vestido (interior): Primark
Botas: Deichmann
Mala: Primark

 Como sempre, esqueci-me dos acessórios, mas foi o que consegui no pouco tempo que tive para me arranjar. Agora... quem é que acha que é preciso gastar muito dinheiro para ter um look elegante? Eu desminto isso, pois nenhum dos artigos utilizados neste conjunto custou mais que 16€.

 O que acharam do conjunto?

Beijinhos,
Joana R.
Hello pessoal,


A Well's aliou-se há DERCOS, criando um Centro Capilar Well's by DERCOS em todas as suas lojas. Aqui poderão fazer um diagnóstico capilar de forma gratuita, em que será realizada uma análise rigorosa e objectiva ao vosso cabelo. E ainda, serão-vos aconselhados produtos capilares da DERCOS, indicados para o vosso cabelo, e poderão de usufruir de 20% de desconto. Fantástico não?


A análise capilar consiste em ver o estado do nosso cabelo, com enfoque no couro cabeludo e nas hastes capilares (os ditos cabelos). Utilizam um aparelho próprio que para olhos leigos na matéria, me parece um telemóvel com umas super lentes. Utilizam dois tipos de lente para fazer a análise. Claro está, que é um equipamento manejado por pessoal com formação própria para interpretar os resultados apresentados. De facto, conseguem ver a densidade, preenchimento... tantos detalhes que fico sempre abismada.




Foi pela segunda vez que fiz uma análise capilar, e sabia que o meu cabelo não estava perfeito. Não está mal mal mal, mas podia dar-lhe um pouco mais de amor. Não resisti e, no dia em que fui conhecer o centro na Well's do Colombo, optei por lavar o cabelo com os chamados produtos de supermercado. Tinha o cabelo cheiroso, com alguns jeitos e estava feliz. Mas estava cheio de sal. E consegui ver pequenos cristais agarrados ao cabelo. E está pouco denso... algo que associo há queda toda durante estes últimos 2 anos. Foi-me recomendada a linha Densi-Solutions, dedicada a fortalecer a fibra capilar e tornar o cabelo visivelmente mais denso. Para já estou a experimentar o champô da gama e fiquei surpreendida com o efeito. Cabelo suave, com os jeitos que tanto gosto e...volume :) É cedo para vos trazer uma review mas planeio uma para breve.

Podem também neste Centro Capilar encontrar o produto do momento da marca, o tão famoso e agora reformulado, Aminexil Clinical 5. Indicado para quem sofre de queda de cabelo, actua nas várias causas que levam à perda de cabelo. Interessados neste assunto? Também nós ficámos depois de ver a apresentação deste produto. Promete uma acção rápida e eficaz, e daquilo que temos visto de reviews, é um favorito. Vamos experimentar!

Não percam a oportunidade de fazer este diagnóstico capilar até dia 15 numa Well's!

Kiss kiss,
Catarina R.

 Gosto mais de dizer escolinha do que infantário ou creche... começo logo a pensar em infectário! Ok, pode ser parvoíce mas é assim que a maioria dos pais os denominam (e que não foge à verdade). Prefiro escolinha ou escola, porque associo a coisas boas, a aprender, a brincar, a sorrir, a respeitar... por isso para mim é escolinha. Mas o Alexandre não vai para lá. Por várias razões.

 1. Disponibilidade familiar. Eu trabalho por turnos e o pai trabalha por conta própria, de acordo com a sua disponibilidade, ou neste caso, a minha. E temos o apoio dos meus sogros e da minha mãe a partir das 17h/18h. Temos uma logística familiar que permite ter o Alexandre em casa connosco.

 2. O parecer da Pediatra. Falámos com ela, que nos apoia na decisão e é de opinião que até aos três anos não há problema, mas aconselha um contacto regular com outras crianças, o que tentamos fazer.

 3. O infectário. O Alexandre tem 2 anos e 1 mês e felizmente nunca fez um antibiótico. Já esteve doente mas tudo do foro viral, com tratamento sintomatológico. Gostaria de mantê-lo assim durante mais algum tempo e ficar em casa connosco contribuí em muito.

 4. A poupança económica. Antes de saber que estava grávida trabalhava em duplo... não porque queria aprender mais na minha área mas porque precisava do dinheiro. Optei por deixar o duplo quando soube da gravidez e felizmente, graças ao trabalho do Paulo, não foi necessário voltar. Mas para já, tendo em conta que ele trabalha por conta própria, o futuro é um pouco incerto por isso não pô-lo na escolinha também foi uma decisão económica.

 Há dias que ambos pensamos que gostaríamos de ter essa rotina, de o deixar num sítio para brincar e estar com outras crianças. Quando penso assim vamos ao parque! (lol) Pode até dar-nos mais independência em alguns aspectos, mas sinceramente é algo que neste momento não necessitamos. Mas louvo a logística familiar e económica que alguns pais têm que fazer, para ter o(s) miúdo(s) no infantário. 

E vocês, como gerem esta rotina? Já estão pela escolinha?

Kiss Kiss,
Catarina R. 
Olá pessoal,

 Se há algo que temos de apoiar ao máximo é o negócio e fabrico Português... É verdade que tem tendência a ser um bocado mais dispendioso, mas em contra partida os acabamentos são melhores, há maior atenção aos detalhes e a possibilidade de personalizar os artigos, tornado-os únicos. É o caso desta marca que vos falo hoje, a Purple Pineapple.

 A Catarina já tinha encomendado alguns artigos de lá, em que me ofereceu um mimo. eu já tinha visto o site, mas admito que só tomei mais atenção quando vi o lançamento das agendas para 2018. Entretanto soube do open day da marca e fui dar uma vista de olhos.

 As ilustrações sempre me fascinaram mas as agendas inspiradas no Harry Potter fizeram o meu coração derreter! São tãooooo fofas!!!! 
 Entre agendas, lápis, blocos de notas, ilustrações, têm imensos artigos à vossa disponibilidade, até a possibilidade de fazer convites e ementas para festas. A qualidade é excelente, tanto nos acabamentos como no material escolhido, que parece ser resistente. Mas acho que melhor do que descrever será mostrar-vos, portanto, aqui vão algumas fotografias dos artigos disponíveis.

 








 Trouxe uma ilustração para o quarto do Alex (a Catarina deve vos mostrar em breve) e quero ver se antes do final do ano adquiro a agenda e algumas ilustrações para um projecto aqui no quarto hehehe.
 Dito isto, recomendo muito a loja, visitem o site, facebook e instagram para verem a colecção completa.

 Já conheciam a marca?


Beijinhos,
Joana R.


 Já não é a primeira vez que o Alexandre fica doente. Até agora pequenos síndromes gripais e apenas com uma ida ao Serviço de Urgência Pediátrico e "virgem" de antibióticos (acreditem que nos dias que correm, é importante... estamos na era do abuso dos antibióticos). Mas desta vez foi algo intenso. 

 Febre alta mais de 3 dias (foram 5 no total), e sempre acima dos 39ºC, baixando apenas para os 38,5ºC sob efeito de paracetamol e ibuprofeno alternados. Ao fim do 2º dia notámos que se queixava da boca e ao espreitar, vimos uma pequena afta no lábio inferior. Foi gradualmente piorando, e ao final do 3º dia já era visível mais uma afta no lábio superior e notava-se as gengivas inchadas e vermelhas. Deixou de conseguir lavar os dentes. Pela dor e a sensibilidade das gengivas era tanta que sangrou só de passar a escova uma vez. Deixou de conseguir comer sólidos, apenas iogurtes ou purés a temperatura ambiente ou frescos (sopa, para esquecer)Não conseguia fazer uma inspecção da boca total porque ele não deixava, com dores. Falei com a pediatra por SMS, que me deu indicações face ao tratamento (manter paracetamol e acrescentar a nistatina) e ficámos com consulta agendada. 

 Dia da consulta, estávamos os dois de rastos. Uma noite horrível, a acordar a cada duas horas com dores. A gemer durante o sono. Nem o colo, ou o dormir comigo o acalmava a não ser nas últimas horas da madrugada, já vencido pelo cansaço. Assim que viu a pediatra entrou em modo lamúria e queria fugir. Mas a consulta até correu bem. Choroso, o que não é habitual, mas a verdade é que sempre que entra no gabinete está saudável e descansado. Curiosamente, deixou fazer a observação da boca sem qualquer problema, com ajuda da espátula. E confirmou-se o diagnóstico, estomatite aftosa.

 A estomatite aftosa caracteriza-se por lesões inflamatórias da boca, aftas, que surgem principalmente na língua, bochechas e interior dos lábios, sendo por norma bastante dolorosas. Podem estender-se até ao interior da garganta (este era o ponto em que Alexandre estava na consulta), o que torna ainda mais dolorosa a alimentação. Também é comum gengivite, inflamação das gengivas, e pode ocorrer que espontâneamente sangrem. Pode surgir associada a várias situações, ser de origem multifactorial. Em particular "ataca" quando temos as defesas em baixo. Terá sido o caso do Alexandre, um síndrome gripal recente.

O tratamento difere de acordo com a sua origem, no caso do Alexandre assumiu-se origem fúngica, pelo que fez tratamento com nistatina, solução oral. O difícil claro, foi dar-lhe a solução oral. Muita palhaçada, muito amor e abraços, mas ao 3º dia já a tomava sem dramas (o ideal seria bochecar mas ainda não o sabe fazer). Uma semana e 2 dias depois de tudo começar, estamos sem febres, sem lesões visíveis mas ainda com gengivas sensíveis e inflamadas (sangrou todas as noites desde sexta) mas já tolera sólidos.

Foi uma semana dolorosa, para todos mas sem dúvida mais para ele. É difícil vê-lo sofrer e não poder fazer muito mais para aliviar a situação. Mas esta semana tivemos muito amor, muita maminha, muito contacto... pelo menos isso sei que fez a diferença para os três.

Os vocês pequenos também já passaram por isto?

Kiss kiss,
Catarina R.
Olá pessoal,

 Vocês adoraram a gama Esmara by Heidi Klum do Lidl, e eu, como apaixonada que fiquei, fui buscar mais duas peças que me tinham cativado. Este Sábado, aproveitei o passeio com a minha melhor amiga para lhe pedir umas fotografias e assim já vos consigo mostrar uma das peças que eu adoro!
 É um top mega básico, muito levezinho e versátil. Fazemos com ele conjuntos casuais e elegantes com muita facilidade. Este tipo de tops, não costumo encontrar por menos de 10€ e este custou-me 5,99€! A única dica que vos posso dar é que o passem a ferro do avesso, pois das primeiras vezes que o passei ficaram umas manchitas brancas, que saíram com a água, mas já me disseram que era do ferro.
 Voltando ao conjunto do dia, escolhi algo mais casual, com calças de ganga, calçado confortável e um casaquinho de malha para proteger do vento.






Casaco: Bershka
Top: Lidl
Calças: H&M
Ténis: Primark
Colar: Parfois

 O que acharam do conjunto?

Beijinhos,
Joana R.